Governo vai prorrogar todos os concursos que as secretarias pedirem, diz secretário

Em audiência na Câmara Legislativa, chefe do Planejamento disse também que fará consulta ampla ao Tribunal de Contas sobre quebra de cláusula de barreira

O Secretário de Planejamento acalmou o coração de muitos concursados, na noite desta segunda-feira (23), ao informar que o Governo do DF tem interesse em prorrogar todos os concursos em que houver possibilidade legal, desde que haja manifestação da pasta de cada área.

“Havendo interesse das secretarias finalísticas, não vejo problema em relação a isso. O que [os secretários] disserem que é necessário e razoável, prorrogaremos”, informou o secretário de Planejamento, Renato Jorge Brown, durante audiência da Comissão de Desenvolvimento Econômico Sustentável Ciência e Tecnologia Meio Ambiente e Turismo (Cdesctmat) na Câmara Legislativa.

O chefe da pasta foi até o local após a comissão aprovar o requerimento do deputado Claudio Abrantes (PDT) para tratar sobre cronogramas e nomeações de aprovados em concurso público.

A convocação era para a ex-secretária Leany Lemos, mas como ela licenciou-se para concorrer a uma vaga para o Senado Federal, a missão sobrou para o atual responsável pelo planejamento das finanças do governo.

Cláusula de barreira

Outra boa notícia foi dada pelo secretário ao auditório lotado de concursados: o GDF vai fazer uma consulta geral ao Tribunal de Contas do DF sobre a possibilidade de estender uma decisão do colegiado sobre a possibilidade de quebra da cláusula de barreira a outros concursos.

Essa cláusula é um limitador sobre a última fase dos concursos de áreas de segurança, principalmente. Ele faz com que o candidato vá até a penúltima fase, mas, se estiver fora do número de vagas, não tenha chances de ir ao curso de formação e ser contratado.

“Temos o compromisso do secretário e vamos cobrar isso. O TCDF já disse que, se há necessidade dos servidores, deve-se contratar e agora temos o compromisso do governo de buscar uma resposta mais ampla do Tribunal sobre outros casos”, afirmou o deputado distrital Claudio Abrantes, citando decisões sobre concurso de agentes da Polícia Civil e Papiloscopistas.

Marina Marquez



Deixe seu Comentário





* Campos obrigatórios

Poder no quadrado - Blog de política

Copyright © 2020 - Poder no quadrado | Todos os direitos reservados.

É proibida a reprodução total ou parcial, de qualquer texto ou foto deste site, em qualquer meio de comunicação, mesmo que citada a fonte, sem prévia autorização.

×Fechar