Contrário a coligação com Eliana, Reginaldo Veras diz que fará campanha contra

4 de August, 2018 - 13:01 Atualizado em 04/08/2018 13:06

Advertisements


Reginaldo Veras manteve apoio à candidatura de Peniel Pacheco na reunião da executiva do partido – Foto: Ísis Dantas

O deputado distrital Reginaldo Veras (PDT) saiu muito irritado da reunião da executiva regional do PDT, na noite de sexta-feira (3). Horas antes da convenção do partido, marcada para a manhã deste sábado (4), por 16 votos a sete, decidiu-se por abortar o projeto de candidatura própria ao Governo do DF para apoiar alguém. Ele diz que, embora não houvesse definição, o “circo está todo armado” para que haja uma aliança com a chapa de Eliana Pedrosa (Pros), candidata ao Palácio do Buriti.

Veras foi um dos sete que insistiram na candidatura de Peniel Pacheco, que deixou o local da reunião ainda no início, quando percebeu que tudo se encaminhava para que o compromisso do partido com ele não fosse sustentado. “Eu mantive meu apoio a ele, até o final”, conta o deputado professor.

Não há clima para que Reginaldo Veras entre na campanha de Eliana Pedrosa, ele diz: “Já deixei claro que não concordo, que baterei e farei campanha contra.”

Nos bastidores, diz-se que a união seria articulada pelo ex-deputado distrital Fábio Barcellos, que se lança como candidato ao Senado na chapa.

Deixe uma resposta