Ismael Alexandrino, o ilustre convidado

2 de September, 2018 - 12:32 Atualizado em 02/09/2018 12:32

Advertisements

Ismael Alexandrino posou para foto com Marli Rodrigues e outros servidores da Saúde no seminário – Foto: Reprodução/Facebook

A segunda edição do seminário organizado pelo SindSaúde para discutir as eleições 2018 foi marcada por críticas à gestão do governador Rodrigo Rollemberg. Nas falas dos candidatos a cargos eletivos que passaram por lá; nos totens espalhados pelo local do evento; nos vídeos exibidos no telão; nos gritos de “Fora, Rollemberg” entoados; e nas entrevistas que os candidatos deram por lá. Choveram críticas ao Instituto Hospital de Base (IHB), modelo de parceria público-privada implementado pela atual gestão para gerir a maior unidade de saúde pública do DF. Na plateia, durante os dois dias de seminário – sexta (31) e sábado (1/9) -, uma figura chamou a atenção: Ismael Alexandrino, diretor-presidente do IHB, ouviu atentamente a todas as falas, vaias e gritos.

Passaram por lá, sete dos 11 candidatos ao Governo do DF, que foram sabatinados por sindicalistas e sindicalizados; e postulantes a cargos proporcionais e ao Senado. Todos com o discurso afinado de oposição ao governador, que não foi convidado para o evento. Ismael foi. Recebeu o chamado da presidente do SindSaúde, Marli Rodrigues, e prontamente atendeu.

Nos dois dias, ele não só ouviu as promessas e as críticas dos candidatos, mas fez questão de abordar os que concorrem ao Palácio do Buriti, logo após as falas deles no seminário. Até agora, não se tem notícia do que conversaram. Se Ismael tentou defender o instituto, que, segundo as promessas de alguns candidatos, estaria com os dias contados. Ou se tentou se defender das críticas que ouviu.

Deixe uma resposta