Rosso declara voto em Bolsonaro, em nome de “novo Brasil”

2 de October, 2018 - 23:05 Atualizado em 02/10/2018 23:05

Advertisements


Rogério Rosso vai contra orientação nacional do PSD, que apoia Geraldo Alckmin – Foto: Reprodução

No último debate antes da eleição em primeiro turno, o deputado federal Rogério Rosso (PSD) aproveitou o espaço, mesmo sem ser perguntado, que vota em Jair Bolsonaro (PSL) para a Presidência da República.

E disse que faria isso porque “precisamos de um Brasil novo”. Quando foi confrontado pelo petista Julio Miragaya, que disse lamentar a opção, ele enfatizou: “Entre o PT e um novo Brasil, vou ficar com o novo Brasil.”

O partido dele – PSD -, no entanto, está na base de apoio ao tucano Geraldo Alckmin, que também é candidato ao Palácio do Planalto.

Sete candidatos ao Governo do DF participam do último debate antes do primeiro turno da eleição, promovido pela TV Globo, na noite desta terça-feira (2). Participam o governador Rodrigo Rollemberg (PSB), Ibaneis Rocha (MDB), Julio Miragaya (PT), Rogério Rosso (PSD), Alberto Fraga (DEM), Eliana Pedrosa (Pros) e Fátima Sousa (Psol).

Deixe uma resposta