Partido Novo sai vitorioso da primeira disputa no DF

9 de outubro, 2018 - 17:57 Atualizado em 09/10/2018 18:04

Eleita deputada distrital, Julia Lucy vai representar a legenda na Câmara Legislativa do DF

 

Julia Lucy disse que gastou menos de R$ 20 mil em toda a campanha  – Foto: Reprodução/Instagram

Estreante na política, o partido Novo sai com bastante prestígio no DF. Elegeu a primeira parlamentar do partido: Julia Lucy, que estreia na Câmara Legislativa. Feito que o Psol, por exemplo, só conseguiu agora com a eleição de Fábio Felix, 14 anos após a fundação.

Bonita, bem expressiva, jovem e com projetos para fortalecer o empreendedorismo e a participação feminina, ela tem 32 anos, é mãe desde os 17 e servidora desde os 18.

Com poucos segundos de tempo na TV e no rádio, a legenda usou todos os espaços disponíveis nas redes sociais, por exemplo, para fazer propaganda das propostas para o DF. Julia conta que fez toda a campanha sem recursos financeiros e contou com voluntários de diversas áreas, que acreditaram no projeto dela.

Com 7.655 votos, ela é uma das três mulheres que ocupará as 24 cadeiras da Câmara Legislativa – nesta eleição, a bancada feminina foi reduzida de cinco para três representantes, enquanto, na Câmara dos Deputados, cinco dos oito deputados são do sexo feminino.

Com a bandeira da “renovação política”, ela diz que se dedicou muito ao projeto, por meio de uma rede de apoio. E que gastou menos de R$ 20 mil na campanha. “É com muita emoção que eu agradeço às 7.655 pessoas que me deram esse voto de confiança para representá-las na Câmara Distrital”, disse, em vídeo publicado no Instagram.

O agradecimento especial de Julia foi para o senador Reguffe (sem partido), que, segundo ela, foi conselheiro desde o início e ficou ao lado dela durante toda a campanha, ajudando.

Paulo Roque

O candidato ao Senado, Paulo Roque, conseguiu 200 mil votos no pleito. Com apenas três segundos de TV, ele lembra que os institutos de pesquisa Ibope e Datafolha apontavam que ele teria 30 mil votos. “E acordei com 200 mil”, destaca.

Em vídeo distribuído pelo WhatsApp, ele disse se considerar vitorioso e feliz, mesmo sem ter sido eleito. “Apesar dos institutos de pesquisa e apesar dos três segundos, eu sou Paulo Roque 200”, brinca.

Com relação à disputa ao Governo do DF, Alexandre Guerra somou 63.261 votos, ficando em oitavo lugar na disputa, à frente de Julio Miragaya, do PT, por exemplo.

 

Deixe uma resposta