Constrangimento no Buriti

Atualizado em 30/01/2019
Advertisements

Marli Rodrigues ao lado do governador Ibaneis Rocha – Foto: Divulgação

A reunião foi a pedido do Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde do DF (SindSaúde-DF), mas quando perceberam que o governador pretendia atender às demandas do sindicato, alguns assessores chamaram o deputado distrital Jorge Vianna (Podemos) e outros sindicatos de última hora para participar. O constrangimento na sala do governador, na tarde desta terça-feira (29), foi visível. Os outros não sabiam do que se tratava oficialmente e a pauta do SindSaúde foi tratada ponto a ponto.

Da ampliação do Instituto do Hospital de Base, que o Sindicato dos Auxiliares e Técnicos em Enfermagem (Sindate), Sindicato dos Médicos (SindMedico) e Sindicato dos Enfermeiros do DF (Sindenfermeiros) foram contra, não se falou. E Ibaneis deixou claro que estava ali recebendo o único sindicato que tinha pedido reunião.

O governador acatou a pauta do sindicato presidido por Marli Rodrigues e fez grandes promessas: pagar as pecúnias atrasadas, a gratificação, o plano de saúde, construir o hospital do servidor, ampliar a carga horária e fazer as nomeações.

Os compromissos assumidos por Ibaneis com o sindicato foram testemunhados pelos secretários André Clemente (Fazenda) e Osnei Okumoto (Saúde).



1 comentário para este artigo

  1. Cleonice disse:

    Gostei da postura do Sindsaude em prol dos servidores públicos.

Deixe seu Comentário





* Campos obrigatórios

Poder no quadrado - Blog de política

Copyright © 2020 - Poder no quadrado | Todos os direitos reservados.

É proibida a reprodução total ou parcial, de qualquer texto ou foto deste site, em qualquer meio de comunicação, mesmo que citada a fonte, sem prévia autorização.

×Fechar