Fábrica de inconstitucionalidades

19 de February, 2019 - 18:15 Atualizado em 19/02/2019 18:15

Advertisements

Reginaldo Veras (de camiseta), entre os novatos Martins Machado, Reginaldo Sardinha e Daniel Donizet – Foto: Ísis Dantas

Dispensou o uso dos costumeiros paletó e gravata o deputado distrital Reginaldo Veras (PDT), na reunião da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara Legislativa, na manhã desta terça-feira (19). Mas trabalhou um bocado: disparou o carimbo da inconstitucionalidade em nove projetos, do total de 15 que foram analisados. E protagonizou. De todos os itens da pauta, dois foram retirados e apenas quatro propostas foram admitidas.

A Veras coube a relatoria de 14 propostas, a maioria delas remanescentes da legislatura anterior. Entre os nove rejeitados, estão três propostas de autoria da ex-distrital Sandra Faraj (SD), dos quais Martins Machado, por exemplo, preferiu não se manifestar. Os demais seguiram o voto do relator.

 

Deixe uma resposta