Para Iolando, aumentar salário “seria uma catástrofe”

Atualizado em 20/02/2019

Deputado da base critica aumento de gastos com pessoal, um dia antes de Ibaneis anunciar paridade salarial para a Polícia Civil do DF

 

Iolando foi o convidado da segunda edição da live, nesta segunda-feira (18)

Convidado da segunda edição do Poder no Quadrado Ao Vivo, nesta segunda-feira (18), o deputado distrital Iolando (PSC) se manifestou contrário a qualquer reajuste salarial de servidores. Disse que este é o momento de o Distrito Federal começar a respirar. “Pensar em reajuste seria uma catástrofe”, disse.

O deputado, que é da base aliada do governador Ibaneis Rocha, fez a declaração, durante entrevista ao vivo, na noite que antecedeu o anúncio do governador Ibaneis Rocha de que vai conceder a paridade salarial da Polícia Civil do DF com a Polícia Federal, reivindicação antiga da categoria.

Quando perguntado ao parlamentar sobre o assunto, não se especificou a categoria, mas, de forma geral, Iolando disse que não é hora de se pensar em aumentar gastos com pessoal. “Ainda nem saímos do vermelho, temos um deficit muito alto, não podemos aumentar o deficit“, desabafou, já no fim da entrevista.

Assista ao vídeo da entrevista completa:

Millena Lopes



Deixe seu Comentário





* Campos obrigatórios

Poder no quadrado - Blog de política

Copyright © 2020 - Poder no quadrado | Todos os direitos reservados.

É proibida a reprodução total ou parcial, de qualquer texto ou foto deste site, em qualquer meio de comunicação, mesmo que citada a fonte, sem prévia autorização.

×Fechar