Câmara Legislativa assina acordo para implementar sistema digital de processos

Advertisements

Previsão é de que, em seis meses, digitalização esteja em pleno funcionamento na Casa. Economia prevista é de R$ 1 milhão

 

Delmasso explica que será possível reduzir custos com o novo sistema – Foto: Rogério Lopes/Divulgação

A Câmara Legislativa prepara-se para digitalizar toda a tramitação de processos e documentos na Casa. Nesta quarta-feira (29), o presidente Rafael Prudente assinará um acordo de cooperação técnica com o Tribunal Regional Federal (TRF) para cessão de uso do Sistema Eletrônico de Informação (SEI), desenvolvido pelo Tribunal.

A previsão é de que o processo seja concluído em seis meses e que o uso de papéis seja reduzido a zero, na tramitação de projetos, requerimentos, atos e todos os outros documentos necessários para o funcionamento do Legislativo, conforme o presidente. A economia prevista é de aproximadamente R$ 1 milhão por mês.

A economia será possível com o corte de despesas com transporte de documentos, veículos, combustível, motoristas e impressão. Os mais de 60 servidores da Câmara envolvidos diretamente com o manuseio de papeis serão remanejados para outras áreas.

Conforme o vice-presidente Delmasso (PRB), o sistema vai garantir mais transparência e redução de custos. “Vamos transformar o papel em documento digital, o acesso será de forma mais eficaz. Isso significa menos burocracia e mais celeridade”, aposta.

Presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), desembargador Carlos Eduardo Thompson, virá de Porto Alegre para Brasília especialmente para assinar o termo. O evento está marcado para as 17h desta quarta.



3 comentários para este artigo

  1. Rogerio disse:

    Faltou o crédito do fotógrafo!

Deixe seu Comentário





* Campos obrigatórios

Poder no quadrado - Blog de política

Copyright © 2019 - Poder no quadrado | Todos os direitos reservados.

É proibida a reprodução total ou parcial, de qualquer texto ou foto deste site, em qualquer meio de comunicação, mesmo que citada a fonte, sem prévia autorização.

×Fechar