Advertisements

Claudio Abrantes foi um dos primeiros aliados do governador Ibaneis, na época da campanha ao Governo do DF – Foto: Divulgação

Muito se fala nos bastidores da Câmara Legislativa sobre uma provável substituição do líder de governo. Para articuladores da base, trata-se de uma tentativa de desestabilizar a relação entre Legislativo e Executivo, já que, oficialmente, nada fora revelado ao deputado Claudio Abrantes (PDT), que ocupa o cargo.

Se depender de Rodrigo Delmasso (PRB), o parlamentar de Planaltina ficará por muito tempo no cargo. “Na minha percepção, o governo está satisfeito com ele. No que depender de mim, farei de tudo para fortalecê-lo”, garante, negando que esteja com intenções de assumir o lugar de Abrantes, como tem sido ventilado.

O próprio Delmasso reconhece que o perfil do pedetista é mais voltado ao diálogo. “Ele tem trânsito na esquerda, faz um bom diálogo com a esquerda. Eu, por exemplo, teria dificuldade de acesso à oposição, por causa das bandeiras que eu defendo, por ser muito conservador”, pontua.

No Palácio do Buriti, dizem que, se tiver mudança na Liderança do governo, será por vontade do próprio líder. Abrantes diz desconhecer qualquer conversa para que ele deixe o cargo.

Aliados de Ibaneis dizem que ele tem grande consideração pelo deputado de Planaltina, que declarou apoio à campanha dele, quando as pesquisas ainda mostravam o advogado com 2% das intenções de voto. Na época, Abrantes enfrentou o partido para permanecer na aliança com Ibaneis. E o governador não teria o perfil de quem se esquece desse tipo de atitude, dizem os mais próximos.

Leave a Reply