Deputada quer literatura brasiliense no currículo de escolas públicas

Advertisements

Assunto é tema de audiência pública promovida por Jaqueline Silva em plena Feira do Livro

 

Jaqueline Silva apresentou projeto de lei que trata do tema. O objetivo, ela diz, é “propagar o conhecimento da história da nossa cidade” – Foto: Divulgação

Levar a literatura brasiliense para as escolas públicas do DF é o que quer a deputada distrital Jaqueline Silva (PTB), em um projeto de lei protocolado na Câmara Legislativa. Para tratar do tema, ela promove uma audiência pública para tratar do assunto, nesta segunda-feira (10), durante a 35ª Feira do Livro.

“Muito me alegra em poder contribuir com políticas para valorizar a literatura local, escritores, editoras e gráficas, além de propagar o conhecimento da história de nossa cidade para as crianças e jovens da rede pública”, explica a deputada, que já foi proprietária de uma papelaria em Santa Maria.

A demanda, segundo a parlamentar, é antiga e parte dos escritores locais, que já levavam as obras até as escolas, de forma independente, mas que lutam em busca da oficialização da prática. “Precisamos valorizar o que é produzido aqui. Fico feliz com a mobilização da deputada, uma vez que a aprovação do projeto movimenta a renda do Distrito Federal e do setor literário, já que estimula desde os escritores, até as gráficas e livrarias, setor que está carente no País.”, afirma Marcos Linhares, presidente do Sindicato dos Escritores do DF.

Para o presidente da Academia Taguatinguense de Letras, Gustavo Dourado, é preciso estimular os alunos a conhecerem a história de construção da nossa capital e das “cidades satélites”: “A literatura brasiliense já foi premiada em diversos concursos e é reconhecida por todo o País.”



Deixe seu Comentário





* Campos obrigatórios

Poder no quadrado - Blog de política

Copyright © 2019 - Poder no quadrado | Todos os direitos reservados.

É proibida a reprodução total ou parcial, de qualquer texto ou foto deste site, em qualquer meio de comunicação, mesmo que citada a fonte, sem prévia autorização.

×Fechar