Advertisements

Post de Kelly Bolsonaro já foi apagado do Facebook

Enquanto a maioria dos políticos de Brasília se consterna pela morte trágica do ex-deputado Juarezão, em acidente na noite de sexta-feira (21), um post chamou a atenção nas redes sociais: em vez de lamentar a morte do ex-parlamentar, a deputada distrital Kelly Bolsonaro (Patriota) retomou as origens da época posts polêmicos.

Ao anunciar a morte de Juarezão na BR-080, ela disse que ele “não duplicou quando podia”, promessa de campanha, conforme assinala. “Sabe-se que ele traiu os eleitores quando dizia, em campanha, que iria destinar as verbas necessárias, e não o fez”, escreveu.

O post, que foi printado por parlamentares que se revoltaram com a reação, já foi apagado do Facebook da distrital, que deve deixar o cargo na segunda-feira (24), quando o titular, Daniel Donizet (PSDB), retornará à Câmara Legislativa.

“Inadmissível, desprezível, desumano e fora da realidade esse comentário da deputado, referente à fatalidade com o deputado Juarezão. Estou indignado”, disse ao Poder no Quadrado o distrital Reginaldo Veras (PDT).

Ao se manifestar sobre a morte do ex-colega, Veras, inclusive, destacou que a duplicação da BR-080 foi pauta do mandato de Juarezão, enquanto ele esteve na Câmara Legislativa: “Foi vítima da perigosa BR-080, que ele tanto lutou para duplicar, ao longo de quatro anos de mandato.”

Kelly disse que, na verdade, fez uma lamento, já que ele concluiu o mandato sem cumprir o que prometeu e por ter morrido justamente na “área que ele poderia ter feito o trabalho”. A deputada disse que não teve intenção de ofender o “ser humano” Juarezão. “Na verdade, eu não apaguei. Denunciaram e a postagem caiu”, contou a deputada ao Poder no Quadrado.

“Assim como ele faleceu, outras pessoas também já morreram no mesmo lugar. Isso me gera tristeza, porque são mortes que deveriam ter sido evitadas”, explicou, ao negar que tenha causado qualquer polêmica. Para ela, as pessoas fazem “tempestade” onde não tem.

3 Comments

Leave a Reply