No DF, dois são contra a Reforma da Previdência

11 de July, 2019 - 10:58 Atualizado em 11/07/2019 10:58

Advertisements

Voto de Erika Kokay foi contrário à reforma – Foto: Reprodução/Instagram

Dos oito deputados federais da capital, apenas dois votaram contrários ao texto da Reforma da Previdência: Israel Batista (PV) e Erika Kokay (PT), que fez questão de postar nas redes sociais uma fotografia do “não”.

“Fui eleita para defender a democracia, a liberdade e os direitos. Não negocio meu voto, não vendo meus princípios. Meu voto é ‘não’ nessa reforma injusta”, escreveu.

Batista disse que não poderia aprovar o texto, embora concordasse que o Brasil precise mesmo de uma reforma no sistema previdenciário. “Mas o texto apresentado perdeu a oportunidade de estabelecer os padrões técnicos para que a gente possa calcular o déficit da previdência no futuro”, disse, ao lembrar que os professores serão prejudicados com a aprovação.

Flávia Arruda (PR), Bia Kicis (PSL), Luís Miranda (DEM), Celina Leão (PP), Paula Belmonte (PPS) e Julio Cesar Ribeiro (PRB) foram favoráveis ao texto. Circulam nas redes sociais, inclusive, várias montagens com as fotos deles e o carimbo de “TRAIDORES”.

Deixe uma resposta