Advertisements

Em sessão especial nesta segunda-feira (15), senador do DF recebeu violeiros como Zé Mulato e Cassiano

 

Izalci Lucas: “A gente precisa investir na saúde, mas no preventivo. Mas não podemos deixar de lado a cultura, como temos deixado nestes últimos anos”- Foto: Pedro França/Agência Senado

Uma sessão especial para homenagear os 90 anos da música e da viola caipira no Senado Federal. A ideia foi do senador brasiliense, Izalci Lucas (PSDB-DF), que recebeu pessoalmente a dupla de violeiros, Zé Mulato e Cassiano, nesta segunda-feira (15). E classificou como “histórica” a sessão. “Enchemos o Plenário do Senado Federal com a cultura caipira e violeiros de todas as idades. Estamos juntos pela valorização da tradição da viola”, disse.

Ao afirmar que ali fazia um reconhecimento à cultura, reclamou da falta de investimento no setor. “Falta-nos investimento para manter essa cultura de raiz, tão importante para o nosso país”, discursou o tucano.

Há, conforme o senador, investimentos e recursos culturais, mas eles nem sempre vão para a divulgação dos artistas, que trabalham em prol da cultura de raiz do País. “A maioria dos recursos é direcionada para aqueles que não precisam ou já têm patrocínio no setor privado”, disse.

Izalci lembrou que a Comissão de Educação da Casa já deu parecer favorável a um projeto estabelecendo 13 de julho como o Dia da Viola Caipira. E disse ter o o compromisso de buscar sua aprovação em Plenário no mês de agosto. “A gente precisa investir na saúde, mas no preventivo. Mas não podemos deixar de lado a cultura, como temos deixado nestes últimos anos. A gente tem deixado de lado essa questão e estamos perdendo a nossa tradição”, discursou.

Leave a Reply