Advertisements

33ª RA foi aprovada com 19 votos dos 20 presentes na sessão da Câmara Legislativa – apenas Leandro Grass se absteve

 

Telma Rufino garantiu que a administração vai melhorar a qualidade de vida da população – Foto: Mardonio Vieira

Com 19 votos favoráveis, os deputados distritais aprovaram na sessão desta terça-feira (27) a criação da Região Administrativa de Arniqueiras, a 33ª do Distrito Federal. Após a aprovação em primeiro e segundo turnos, a deputada distrital Telma Rufino (Pros), que é uma das entusiastas do projeto, agradeceu aos colegas – 19 dos 20 presentes votaram “sim” (apenas Leandro Grass – Rede – se absteve).

“Não é para a criação de cargos”, justificou Telma, ao dizer que os moradores precisam da estrutura. “É para melhorar a qualidade da população”, continuou, sem citar que a qualidade a que se referia era é a “de vida”. Ato falho.

Telma ganhou parabéns dos colegas pela luta e deu um recado: “Enquanto eu estiver sentada nessa cadeira, vocês podem contar comigo, para o bem da população.”

O texto segue agora para sanção do governador Ibaneis Rocha, que propôs a criação da RA. Conforme o projeto, Arniqueiras terá 1,3 mil hectares – incluindo o Areal, a Área de Desenvolvimento Econômico (ADE) de Águas Claras e as quadras QS 6, 7 (parte dela), 8, 9, 10 e 11. A população estimada é de, aproximadamente, 46 mil habitantes.

Está no texto: o acervo patrimonial e o quadro de servidores da Administração Regional de Arniqueiras serão transferidos da Administração Regional de Águas Claras – que deverá oferecer “todo o apoio operacional necessário ao funcionamento” da nova estrutura.

Abstenção

Leandro Grass disse que precisava de mais tempo para se discutir o projeto. Por isso, é que ele preferiu se abster: “O ideal seria ter mais tempo para analisar e discutir o projeto, com avaliação da consultoria da Casa.”

Leave a Reply