Advertisements

Vigilante ressaltou, depois da votação, o quão sofrida é a categoria dos feirantes – Foto: Ísis Dantas

Deputados distritais aprovaram, na sessão ordinária desta terça-feira (1º), um projeto de lei do Executivo que define as responsabilidades de feirantes no Distrito Federal. Logo após a votação em segundo turno da proposta, o deputado distrital Robério Negreiros (PSD) elogiou a atuação de Chico Vigilante (PT), principal opositor dele.

Até agora, os feirantes é quem pagam as contas de água e energia elétrica das áreas comuns das feiras livres e permanentes do DF. Com o projeto, o GDF fica responsável pelo pagamento dessas contas e os permissionários pagarão mensalidade de ocupação em valor a ser definido pelo Poder Executivo, por meio de decreto. Os feirantes arcarão com os gastos individuais. Para tanto, o GDF deverá instalar medidores de verificação de consumo de água e energia elétrica nas áreas de uso individual.

Ao reconhecer a importância do projeto, Vigilante ressaltou como a categoria é “sofrida”: “As feiras, acima de tudo, são um espaço cultural. Esse projeto não faz favor aos feirantes. O texto determina a individualização de hidrômetros e relógios e que as administrações regionais tomem conta dos gastos dos corredores e banheiros”, discursou o petista.

Leave a Reply