Projeto cria função de preceptoria na Escola Superior de Ciências de Saúde

De autoria de Jorge Vianna, texto garante manutenção de cerca de mil servidores na unidade

 

Texto de Jorge Vianna concede gratificações que variam entre R$ 937 a R$ 2.040 – Foto: Reprodução/Facebook

A função de preceptoria nas carreiras de médico, cirurgião dentista e enfermeiro foram criadas em projeto aprovado na Câmara Legislativa do DF, nesta quinta-feira (11), em dois turnos. Trata-se de um substitutivo apresentado pelo deputado distrital, Jorge Vianna (Podemos), que garante a manutenção, em 2020, de residências de médicos e enfermeiros na Escola Superior de Ciências de Saúde (ESCS).

Foi o deputado quem alertou os deputados distritais do risco de os residentes ficarem sem preceptores no ano que vem, já que o governo suspenderia a gratificação. A expectativa do parlamentar é de que cerca de 2.500 pessoas sejam beneficiadas – sendo 1.000 preceptores e 1.500 residentes.

Pelo texto, que segue para sanção do governador Ibaneis Rocha, será concedida a Gratificação pela Atividade da Preceptoria (GAP), com valores variáveis entre R$ 937 a R$ 2.040 aos preceptores. Vianna se comprometeu para, em 2020, apresentar um projeto de lei para resolver também a questão dos docentes, que, conforme o deputado, também têm sofrido constantes ameaças de devolução dos servidores à Secretaria de Saúde. “Não deixei de pensar e planejar, juntamente com a equipe da ESCS para que façamos, da mesma forma, a garantia dos docentes. Já me coloco à disposição para que, no ano que vem, façamos um projeto para acabar de vez com esse fantasma de devolução de servidor para a Secretaria de Saúde.”, disse.

Millena Lopes



Deixe seu Comentário





* Campos obrigatórios

Poder no quadrado - Blog de política

Copyright © 2021 - Poder no quadrado | Todos os direitos reservados.

É proibida a reprodução total ou parcial, de qualquer texto ou foto deste site, em qualquer meio de comunicação, mesmo que citada a fonte, sem prévia autorização.

×Fechar