Sem praça de alimentação e cinema, shoppings são liberados para abrir no DF

Provadores das lojas de roupas também terão de ficar fechados, conforme decreto publicado nesta sexta-feira pelo governador Ibaneis Rocha. Reabertura de centros comerciais será na próxima quarta-feira e horário de funcionamento agora é de 13h às 21h

 

DF Legal vai fiscalizar e monitorar o cumprimento das medidas e protocolos de segurança – Foto: Lúcio Bernardo Jr/Agência Brasília

Esperado para esta sexta-feira (22) com ansiedade pelos empresários, sai o decreto que libera a reabertura de shoppings e centros comerciais no Distrito Federal. O texto assinado pelo governador Ibaneis Rocha fixa novo horário de funcionamento (das 13h às 21h) e outras regras para garantir a segurança de clientes e funcionários: provadores de loja não poderão ser reabertos, a temperatura de clientes deve ser aferida na entrada e os empregados e prestadores de serviço devem ser testados para a Covid 19 quinzenalmente.

As praças de alimentação, os quiosques, as áreas de recreação, as lojas de jogos e os cinemas permanecerão fechados e os estacionamentos ficarão limitados a 50% da capacidade.

O governo informa que a Secretaria de Proteção da Ordem Urbanística (DF Legal) ficará responsável por fiscalizar e monitorar o cumprimento das medidas e protocolos de segurança sanitários. As sanções para quem descumprir as nova normas incluem multa, interdição e até suspensão do alvará de funcionamento enquanto durar o estado de calamidade pública provocado pela Covid-19.

O texto ainda traz outras regras que já estão valendo para o comércio em geral: distância de dois metros entre consumidores; utilização de equipamentos de proteção individual (EPIs) por empregados e colaboradores, fornecidos pelos estabelecimentos comerciais, além de implementação de esquemas de rodízio e proibição de participação nas equipes de pessoas que integram o grupo de risco da Covid-19; disponibilização de álcool gel 70%; higienização de banheiros e demais locais dos estabelecimentos; além do uso obrigatório de máscaras de proteção facial.

O Poder no Quadrado antecipou que o governo estudava liberar o funcionamento de shopping centers já na próxima segunda-feira (25). Contudo, a decisão dependeria dos números de infectados com o novo coronavírus. Mesmo com os casos crescentes, o governador, então, decidiu autorizar a volta dos centros comerciais para quarta-feira.

Horários diferenciados

Segundo o decreto o comércio essencial poderá funcionar 24 horas por dia – são classificados assim supermercados, mercearias, padarias, farmácias, consultórios médicos e odontológicos e clínicas veterinárias. Serviços como indústrias, construção civil, imobiliárias, bancas de jornais e revistas, agências de viagens e lotéricas devem funcionar das 9h às 17h. E comércio varejista de rua está liberado para abrir das 11h às 19h – e inclui lavanderias, floriculturas, óticas, lojas de calçados e de roupas etc.

Continuam suspensos os funcionamentos de bares, restaurantes, quiosques, food trucks e trailers de vendas de refeições. Também permanecem fechados os salões de beleza, barbearias, esmalterias e centros estéticos, além do comércio ambulante em geral.

Seguem suspensas as atividades educacionais presenciais em todas as escolas, universidades e faculdades, das redes pública e privada. A partir de agora, porém, os alimentos destinados à merenda que estejam próximos de vencer enquanto as aulas não retornarem serão destinados à Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), com regulamentação que será realizada pela Secretaria de Educação (SEE).

O texto também autoriza que alunos de Medicina, Enfermagem, Farmácia e Fisioterapia retornem ao estágio obrigatório nas unidades da Secretaria de Saúde.

Eventos esportivos e campeonatos de qualquer modalidade seguem suspensos, assim também como seguem proibidos o funcionamento de cinemas e teatros, academias de esportes,, boates e casas noturnas, além de visitações a museus e parques.

Millena Lopes



Deixe seu Comentário





* Campos obrigatórios

Poder no quadrado - Blog de política

Copyright © 2020 - Poder no quadrado | Todos os direitos reservados.

É proibida a reprodução total ou parcial, de qualquer texto ou foto deste site, em qualquer meio de comunicação, mesmo que citada a fonte, sem prévia autorização.

×Fechar