Rede pública de saúde completa 352 leitos de UTI reservados para pacientes com Covid

Já estão incluídos os dez novos abertos recentemente no Hospital Regional de Ceilândia. Taxa de ocupação na rede pública passa dos 58%

 

Dez leitos de UIT foram abertos recentemente no Hospital Regional de Ceilândia para atender exclusivamente pacientes com Covid – Foto: Breno Esaki / Agência Saúde

A Secretaria de Saúde do DF anunciou nesta segunda-feira (8) que, com os dez novos leitos abertos na UTI do Hospital Regional de Ceilândia (HRC) para pacientes com Covid-19, o Distrito Federal ampliou para 352 a quantidade deleitos reservados ao atendimento dos infectados pelo novo coronavírus – aqui estão incluídos também os que foram contratados na rede privada.

Para os pacientes mais graves, dos 352 leitos públicos com suporte de ventilação mecânica disponíveis, 205 estão ocupados e 147 reservados até a última atualização na Sala de Situação, às 13h25 desta segunda-feira (8). A taxa de ocupação representa 58,24%.

Rede particular

Na rede particular, conforme a secretaria, a taxa de ocupação é ainda maior: 79,15%, já que dos 211 leitos catalogados para atender os pacientes acometidos pela doença, 167 estão ocupados e apenas 44 estão vagos.

Veja, na ilustração a seguir, como estão distribuídos os leitos na rede pública do DF:

Millena Lopes



Deixe seu Comentário





* Campos obrigatórios

Poder no quadrado - Blog de política

Copyright © 2021 - Poder no quadrado | Todos os direitos reservados.

É proibida a reprodução total ou parcial, de qualquer texto ou foto deste site, em qualquer meio de comunicação, mesmo que citada a fonte, sem prévia autorização.

×Fechar