Juarezão (PSB)

Nome completo: Juarez Carlos de Lima Oliveira

Naturalidade: Luziânia (GO)

Profissão: Funcionário Público

Telefone: 3348-8022 a 8026

E-mails: dep.juarezao@cl.df.gov.br

Site do parlamentar:  www.juarezao.com.br

Juarezão foi eleito majoritariamente pela população de Brazlândia, onde reside há mais de 50 anos, com 15.923 votos, pelo PRTB. Está no primeiro mandato distrital e tem se mostrado leal ao governador Rollemberg, de quem é defensor, inclusive mudou recentemente para o partido do chefe do Executivo, PSB.

Em 2016, após a Operação Drácon tirar de cena os distritais que ocupavam a Mesa Diretora, ocupou a vice-presidência da CLDF e foi presidente interino por alguns meses. Como corregedor, ele deu encaminhamento ao processo de cassação da deputada Sandra Faraj (SD), acusada de ter desviado R$ 150 mil de verba indenizatória.

Entre as leis aprovadas, está a que dispõe sobre a aplicação em Brazlândia de 5% dos recursos derivados da captação de água para o sistema de abastecimento público do DF e outra que trata da instalação de fossas sépticas em unidades assentadas em núcleos rurais da mesma região.


Processos

Juarezão enfrenta um processo do antigo partido, o PRTB, por inadimplência das contribuições partidárias. O deputado foi condenado a pagar um valor de cinco salários brutos (salário de deputado distrital). Ele recorreu alegando que não leu o estatuto do partido no momento da filiação e que a multa é excessiva. Juarezão aguarda decisão da Justiça.

Além disso, Juarezão enfrentou desgaste em 2018 por ter nomeado para trabalhar na Câmara Legislativa, no gabinete dele, Gustavo Araújo Passos, jogador do time de futebol Ceilândia. No horário de expediente, ele treinava e jogava futebol profissionalmente. Em dezembro de 2017, ele recebeu salário de R$ 4.549,94. Após a denúncia, ele foi exonerado e a Câmara Legislativa abriu procedimento interno para investigar o caso.

 

Acompanhe os processos:

APC 2016 01 1 099887-5
0028303-93.2016.807.0001 (Res.65 – CNJ)