Professor Israel (PV)

Nome completo: Israel Matos Batista

Naturalidade: Brasília (DF)

Profissão: Professor e cientista político

Telefone: (61) 3348-8230 a 8236

E-mails: dep.profisrael@cl.df.gov.br

Site do parlamentar: www.profisrael.com.br

Professor de cursinhos preparatórios para concursos e pré-vestibulares, Israel Batista está no segundo mandato parlamentar. Com eleitorado jovem e majoritariamente na internet, o distrital foi um dos mais bem votados em 2014, com 22.500 votos.

Apoiou o governo de Agnelo Queiroz e enfrentou um grande desgaste com os servidores públicos em 2017 mantendo apoio ao governo Rollemberg em projetos que tiveram reprovação dos funcionários públicos e concursados.

Entre as propostas importantes apresentadas por ele, o gabinete do deputado ressalta o “Bora Vencer”, preparatório para vestibulares e concursos, e “Brasília Sem Fronteiras”, programa de intercâmbio para estudantes de escolas públicas. É também de autoria dele a lei do Nota Legal em Dinheiro. Nas votações da Casa, Israel se destacou também pela defesa e regulamentação dos aplicativos de transporte público no DF, a exemplo do Uber.


Processos

Em 2016, Israel foi denunciado pelo Ministério Público por atos de improbidade administrativa na aprovação de leis de renúncia fiscal que não teriam atendido às previsões da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). Segundo o MP, até o fim de 2015, o GDF aprovou renúncia de mais de R$ 480 milhões sem cumprir os requisitos legais para compensação do valor aos cofres públicos.

Israel foi denunciado juntamente com o governador Rodrigo Rollemberg, a secretária Leany Lemos e o distrital Agaciel Maia (PR). Ele era da Comissão de Economia, Orçamento e Finanças (Ceof), por onde o projeto sobre o Programa de Incentivo de Regularização de Débitos Não Tributários (Refis) passou durante a tramitação. O deputado discorda da alegação do MPDFT.

 

Acompanhe os processos:

2016.01.1.102519-0