Rodrigo Delmasso (PRB)

Nome completo: Rodrigo Germano Delmasso Martins

Naturalidade: Maringá (PR)

Profissão: Gestor público

Telefone: 3348-8042 a 8046

E-mails: dep.rodrigodelmasso@cl.df.gov.br

Site do parlamentar: www.rodrigodelmasso.com.br

Delmasso foi eleito pelos evangélicos, notadamente da Igreja Sara Nossa Terra, em 2014, com 20.894 votos. Assumiu o primeiro mandato pelo PTN (agora Podemos) e se tornou um dos defensores do governo Rollemberg.

Foi líder do governo na Câmara Legislativa, mas acabou perdendo o cargo após entrar em embate com o Executivo por conta do decreto anti-homofobia editado pelo governo. “Em defesa da família”, como o deputado gosta de dizer, ele liderou a derrubada da norma que regulamentava uma lei com previsão de multa de até R$ 10 mil em caso de discriminação por orientação sexual.

No Legislativo, foi o responsável pela aprovação da lei que garantiu o Canabidiol gratuito na rede pública de saúde, como Programa de Prevenção à Epilepsia e assistência Integral às pessoas com a doença no DF – ele tem uma filha diagnosticada com a doença.


Processos:

Atualmente, Delmasso não responde a nenhum processo na Justiça.

Em 2016, precisou responder ao Tribunal de Contas do DF por falhas na contratação e prestação de contas do Programa A-Tenda Trabalhador, realizado entre 2009 e 2010, durante o governo Arruda. Delmasso era secretário do Trabalho na época. O distrital negou as irregularidades. As contas forma aprovadas, mas com ressalvas.

O nome de Delmasso também já foi investigado em relação ao TCDF, mas por outro motivo. Ele emprega, com o maior salário da Câmara Legislativa, a filha do conselheiro Manoel de Andrade, o “Manoelzinho dos Táxis”, Ana Paula Barcelar. O caso veio à tona na época do julgamento das contas. O distrital disse não ver irregularidade na nomeação e manteve Ana Paula no cargo.